Início > Raças do Mês > Raças de Cães > Border Collie – Tudo o que um dono precisa saber
Raças de Cães

Border Collie – Tudo o que um dono precisa saber

border collie

O Border Collie é uma das raças que mais cativa os humanos devido a serem considerados os cães mais inteligentes à face da terra. No entanto estes maravilhosos animais não são para qualquer dono. A sua elevada energia, capacidade de aprendizagem, necessidade de desafios físicos e mentais constantes não se enquadram na vida quotidiana da maioria das pessoas. Embora seja um sonho para muitos terem um Border na sua família, estes animais podem facilmente tornar a sua vida num pesadelo se for um dono inexperiente ou sedentário. É fundamental entender e criar condições para satisfazer todas as necessidades desta raça. Se no final deste artigo continua a achar que é o dono ideal para estes patudos, certamente terá o companheiro de quatro patas que sempre sonhou.

Perfil básico desta raça:

  • Nacionalidade: Inglesa
  • Grupo: Cães pastores
  • Porte: Médio
  • Altura: De 45.7 cm a 55.9 cm
  • Peso: 15 Kg a 22.7 Kg
  • Temperamento: Equilibrado
  • Treino e Aprendizagem: Fácil
  • Obediência: Fácil ( para donos experientes)
  • Grau de energia: Muito elevado
  • Treino diário: No mínimo 2 horas a 3 horas
  • Saúde: Cão saudável e resistente
  • Esperança média de vida: 12 a 15 anos
  • Ambiente ideal: Campo / Espaço exterior amplo

border collie

Características Físicas

Aparência geral do Border Collie:

É um cão muito bem proporcionado, com uma silhueta suave e um equilíbrio perfeito. O seu porte deve sempre dar a impressão de um cão resistente.

Cabeça e crânio:

Com um crânio razoavelmente largo, mas sem ter o occipital pronunciado. As suas bochechas nunca são cheias nem arredondadas e o seu focinho é moderadamente curto e forte. O crânio e o focinho têm aproximadamente o mesmo comprimento. Quanto às narinas são bem desenvolvidas.

Olhos, orelhas e boca:

Os olhos destes cães têm um formato oval, de tamanho médio e encontram-se simetricamente bem separados. Por norma a sua cor é marrom, embora alguns exemplares tenham um ou ambos os olhos azuis. O border tem um olhar penetrante, meigo e por vezes alerta. Quanto às orelhas apresentam um tamanho médio, bem separadas, erectas ou semi-erectas e a sua audição é extremamente sensível. No que diz respeito à sua boca pode verificar maxilares e dentes fortes, com uma mordedura em tesoura perfeita e regular.

Pescoço, membros, tronco e patas:

O pescoço destes collies tem um bom comprimento e é robusto e musculado. Os seus membros visto de frente são paralelos, mas vistos de perfil nota-se os metacarpos ligeiramente inclinados. A sua estrutura óssea é forte sem ser pesada. O seu tronco tem um aspecto atlético, costelas arqueadas, peito profundo e relativamente largo e o lombo é musculado. Quanto aos membros posteriores são largos, musculados e a sua garupa, vista de perfil, é ligeiramente inclinada para a raiz da cauda. As suas coxas são longas e musculadas, com joelhos bem angulados e jarretes robustos. As suas patas têm um formato oval, almofadas espessas, fortes e saudáveis. Os seus dedos são arqueados, compactos com unhas curtas e fortes.

Cauda:

A cauda desta raça é moderadamente longa, com inserção baixa, com bastante pêlo e uma espiral em direcção à ponta da cauda.

Pelagem e cor:

A pelagem do Border Collie pode apresentar-se ligeiramente longa ou lisa. No entanto qualquer que seja o tipo de pelagem destes cães, ela será sempre densa, textura média, sub-pêlo macio e denso que ajuda a proteger o animal contra intempéries. Quando a pelagem é mais longa forma-se uma juba, culotes e pincel. No resto do corpo e face a pelagem por norma é mais curta e lisa. Existem algumas variedades de cores desta raça, no entanto o branco não deverá ser a cor predominante.

border collie

Comportamento característico da raça

O Border Collie é indicado entre todas as outras raças registadas como o cão mais inteligente do mundo. No entanto as suas necessidades são muitas e estes animais não são indicados para todos os donos. Por isso deve conhecer muito bem as suas características e perfil comportamental antes de adquirir estes maravilhosos cães.

Um cão com energia muito elevada, vontade de trabalhar e resistência

Como referimos anteriormente estes cães pastores têm uma energia muito elevada, que pode ser muito difícil de lidar para donos inexperientes ou sedentários. Esta raça precisa de um dono que o entenda e tenha tempo para treiná-lo, estimular todo o seu potencial quer físico como mental. Por isso se pode apenas dispensar uma hora por dia para gastar a sua energia esta raça não é indicada para si.

O Border Collie é um cão de trabalho, que adora compreender situações e tentar resolvê-las. Eles estão sempre à procura de trabalho e novos desafios. Sendo um cão pastor, ele aprende com grande facilidade a trabalhar com ovelhas ou outros animais e a seguir os comandos dados pelo seu dono. É muito interessante ver a forma como estes animais conduzem ovelhas. Os borders usam o seu olhar penetrante para intimidar as ovelhas e conseguirem colocá-las onde querem, ao contrário da maioria dos cães pastores que para tal dão pequenas mordidelas nos calcanhares dos outros animais.

Esta raça é capaz de estar a trabalhar mais de 10 horas, por isso não espere gastar toda a energia do seu cão facilmente. Embora sejam animais muito resistentes é preciso ter cuidado para não esforçar em demasia os mesmos. Estes cães não dão sinais de cansaço ou dores, por isso quando as actividades já duram há algum tempo deve incentivá-los a parar um pouco. É necessário algum cuidado nos dias de calor, pois eles ignoram os seus sinais de cansaço devido à sua fixação na actividade que estão a desempenhar.

Quando estes cães não gastam a sua energia física e mental, e as suas necessidades específicas da raça podem tornar-se auto-destrutivos, compulsivos, obsessivos e com vários problemas comportamentais. Também é necessário salientar que os donos com pouca experiência podem ter alguns problemas na sua educação, pois eles facilmente irão manipular e conquistar aquilo que pretendem devido à sua teimosia.

border collie

Cães de campo

Esta raça é maravilhosa para quem vive no campo ou tem um terreno com animais de pasto. Para além de ter um trabalhador de quatro patas sempre motivado, no final do dia terá um maravilhoso cão de família. Para pessoas que têm uma vida muito activa e gostam de estar ao ar livre vão adorar a sua companhia. Treinados desde cedo estes cães poderão acompanhá-lo em todas as suas actividades. Nunca mais irá precisar de caminhar, correr e andar de bicicleta sozinho. Com um Border as possibilidades de diversão são quase infinitas, só precisa de ter vontade de ensiná-lo e ele aprenderá tudo rapidamente.

Aprendizagem rápida e memorização fácil

Quem tem um patudo desta raça sabe bem que com treinos consistentes são poucos os exercícios que estes animais não aprendem e memorizam. Normalmente após 5 repetições dos comandos básicos eles já conseguem fazer o comando e não precisam de muita prática para memorizá-los. Assim que aprendem executam um comando à primeira vez em 95% dos casos. Para além disso o seu tempo de reacção aos comandos pedidos é de poucos segundos mesmo que o dono esteja distante. Não dá para negar a sua inteligência.

Para além disso os cães desta raça aprendem facilmente apenas a observar o dono. Quando começam a ser treinados não estranha a facilidade do seu cão abrir portas, apagar luzes e fechar portas abertas. Quando incentivados a ajudar-nos em casa com algumas tarefas, a sua vida ficará muito mais fácil e irá divertir-se muito com as suas capacidades.

O Border Collie não aprende à força nem com métodos duros. Para treinar esta raça precisa de dedicação, paciência e optar por um treino de reforço positivo. Ficará espantado com a facilidade que ele irá aprender e memorizar tudo apenas com associação positiva. Se for consistente e metódico conseguirá brilhantes resultados, e principalmente irá conhecer as melhores características da raça.

border collie

Das melhores raças para treinos de Agility

Muitos donos gostavam que os seus cães tivessem facilidade de aprender os exercícios e percursos de Agility. No caso dos donos desta raça não existe essa preocupação, pois ela é uma das melhores nesta área. A sua estrutura ágil, o seu comprimento e altura reúnem as características desejadas para este desporto. E a juntar às suas características físicas está a sua facilidade de aprendizagem que é a cereja no topo do bolo.

Este desporto canino é uma excelente opção para quem vive na cidade. Para além de conseguir gastar alguma energia física, os treinos de Agility são óptimos para a saúde mental do seu animal. Desta forma o dono e o animal irão fortalecer os seus laços, com vários desafios e sorrisos.

A socialização com estranhos e outros animais é fundamental

O Border Collie é um cão muito meigo e divertido, que por norma dá-se bem com os animais da família e todos os seus membros. Como alguns cães desta raça são mais territoriais ou dominantes, por vezes não reagem bem a animais ou pessoas estranhas. Isto não quer dizer que sejam animais agressivos, apenas alguns exemplares da raça ladram ou rosnam quando estranhos entram naquilo que estes consideram ser o seu território, e este normalmente não se limita à sua casa.

O segredo de ter um cão que tolera bem a presença de estranhos é socializá-lo desde muito pequeno. Sempre que o passeia enquanto é um cachorro pare para falar com pessoas com outros cães que parecem estar bem socializados. Este tipo de exercício ensinará facilmente, sem forçar o animal, a forma correcta de socializar. Corrija-o com calma sempre que o seu comportamento não seja o pretendido e recompense-o quando ele cumpre o objectivo.

Convivência com crianças

Com crianças esta raça não costuma ser problemática. Alguns exemplares gostam da energia elevada das crianças, outros evitam-nas, principalmente quando estas gritam ou choram muito. Como são animais muito sensíveis aos sons, os gritos naturais das crianças incomodam-nos. Nunca force a convivência entre o seu cão e o seu filho, o elo de ligação entre os dias irá acontecer naturalmente com o passar do tempo.

Quando temos um Border e crianças em casa devemos estar atentos à sua necessidade de trabalho como cão pastor. Nunca deixe que o seu cão tente pastorar os seus filhos ou algum membro da família. Quando estes cães não gastam a energia necessária física e mental têm tendência a tratar os membros da família como um rebanho. Desta forma quando uma criança se desloca ele pode tentar encaminhá-la para onde quer ou mordiscar os seus tornozelos. Este comportamento não deve ser permitido de forma alguma.

Sensibilidade aos sons

A sensibilidades aos sons é uma das características desta raça. Estes são facilmente treinados a conhecer diferentes tipos de sons, quer vocais, quer seja através de assobios ou apitos.  A sua facilidade em aprender permite também aos pastores criarem códigos de comando, normalmente por apitos para a execução de ordens como direita, esquerda, manter, retirar uma única ovelha marcada do rebanho, etc. O border deve desde pequeno ser habituado a conviver com diversos sons mais altos, como sirenes, trovões, campainhas, veículos com motor, etc. Deve sempre manter o seu cão calmo perante estes sons e treiná-lo para ignorá-los sempre que indicar.

A falta de contacto com alguns sons pode desenvolver no seu cão algumas fobias a certos barulhos. Estas fobias são causadas pelo stress, insegurança, tensão ou medo. Sendo o seu cão muito sensível a nível auditivo os barulhos com volume muito elevado incomodam-no. Este pode simplesmente esconder-se ou reagir de uma forma um pouco agressiva. Por isso é tão importante a socialização com diversos sons e ruídos desde pequeno.

O porquê de serem usados em anúncios e em filmes é simples

Sendo considerado o cão mais inteligentes entre todas as outras raças é normal que seja a preferência para trabalhar em ficção ou em anúncio. A facilidade de aprendizagem e a sua motivação encantam facilmente qualquer realizador ou produtor. Para os donos ter o seu cão a participar neste tipo de trabalho também é uma vantagem, pois é mais uma forma deste estar ocupado com novos desafios mentais e físicos.

Para os donos que vejam com bons olhos esta opção devem controlar as filmagens e certificar-se que o seu cão é incentivado da forma correcta.

Afectuoso e leal na sua fase adulta

Conforme os anos de convivência vão passando, esta raça fica cada vez mais afectuosa e leal aos seus donos. Por vezes demoram um pouco mais a criar os elo de ligação com o seu dono, mas assim que é criado é impossível ser quebrado. Eles seguem os seus comandos sem hesitar e são carinhosos na hora de conviver com a família. O potencial desta raça é enorme, eles só precisam que os compreendam e aceitem com eles são.

O Border Collie em cachorro

Em cachorros esta raça é mais desenvolvida do que a maioria, pois são muito precoces na sua aprendizagem e apenas em 3 ou 4 meses já sabem a maioria dos comandos. Prepare-se porque estes cachorros parecem incansáveis, eles têm mais energia do que a maioria dos cães no início da sua vida. Mesmo em pequenos eles precisam de bastante espaço para correr e fazer todas as actividades que aparecem.

Estes cachorros adoram desafios, por isso esteja consciente que muitas asneiras serão feitas nos primeiros meses. Não estranhe ver o seu cachorrinho em posição de pastoreio mesmo que não tenha animais de pasto, esta característica está na sua genética. Comece os treinos desde muito cedo para ter melhores resultados no futuro. Não pense que eles não se vão interessar por esta ou aquela actividade, experimente. Tudo o que os borders collies querem é desafios, trabalhos e muita brincadeira.

Não fique triste se no início o seu cachorro não tenha o elo de ligação a si que imaginou. Por norma esta raça demora mais tempo que a maioria para estabelecer os seus elos de ligação. Continue a ser carinhoso, paciente e seja consistente na sua educação. Quando menos esperar terá um dos cães mais devotos à face da terra e o seu elo de ligação com ele será inquebrável.

Sempre que precisar de deixar o seu cão num alojamento esteja consciente que este necessita de atenção redobrada. Por norma esta raça tem um mestrado em fugas, desta forma deve estar sempre vigiados. Portas, muros e vedações não são um entrave para estes se pretenderem fugir. Acredite que eles irão aprender a abrir portas, escalar muros e saltar vedações num abrir e fechar de olhos. As coleiras com GPS podem ser muito úteis nesta raça.

border collie

Cuidados específicos com esta raça

  • Banho 1 ou 2 vezes por mês
  • Os exemplares de pêlo comprido devem ser escovados diariamente, os restantes devem ser escovados duas vezes por semana. Quando o pêlo está a mudar deve ser escovado com maior frequência.
  • Verificar com frequência a existência de parasitas por passaram bastante no exterior. A desparasitação interna e externa é muito importante nesta raça.

Doenças mais comuns

  • Por norma é um cão muito saudável, que vive entre 12 a 15 anos. No entanto existem doenças hereditárias e comuns que os donos devem estar atentos.
  • Atrofia progressiva da retina – doença hereditária que pode causar cegueira;
  • CEA – Anomalia do Olho do Collie – é um deslocamento da retina que aparece bem cedo nos cães da raça;
  • Displasia coxo-femural – Doença hereditária, biomecânica, representada pela disparidade entre a massa muscular primária e o rápido crescimento ósseo, levando a uma instabilidade na articulação coxofemoral.
  • Surdez – Os cães desta raça com maior predominância de pelagem branca podem ter problemas auditivos ou até surdez. Embora não seja um problema muito comum na raça.
  • Alergias – Sendo cães pastores que correm em terrenos sempre em contacto com diferentes plantas, por vezes têm problemas de pele como alergias. Todavia esta raça não é de forma alguma uma das mais afectadas com alergias e problemas de pele.

border collie

Origem e história da raça

O Border Collie é uma raça recente, e a sua origem não está bem documentada. Desta forma não existe certezas de quais os cruzamentos que originaram estes maravilhosos cães. Os Borders que hoje em dia conhecemos são originários de uma região entre a Escócia e a Inglaterra. E essa é a origem do seu nome que foi mencionado pela primeira vez em 1915. Border quer dizer fronteira, já Collie pode ter diferentes significados dependendo da origem da palavra. Se for na origem na palavra celta”coalley” que significa “preto”,na palavra galesa “coelius”que significa “leal”, ou no nome de uma raça de ovelhas escocesas “coelley”. Antes disso, os borders eram conhecidos por diversos nomes como Collie de Trabalho, Collie de Fazenda ou Collie Inglês.

Ao ser um cão essencialmente de trabalho a sua aparência sempre foi deixada para segundo plano. Os criadores sempre preferiram garantir que os exemplares fossem cada vez mais aptos para o trabalho e assegurar que continuariam cães resistentes e saudáveis. Sendo este o principal objectivo, muitos criadores nunca registaram os seus animais nos Kennel Clubs e sim em clubes especiais para a raça. As competições frequentadas por estes cães eram apenas de pastoreios e nunca em competições de beleza e porte.

Recentemente

Em 1995  o American Kennel Club incluiu o Border Collie no grupo Miscelânea e passariam a poder frequentar em competições de obediência, entre outras provas. Em Inglaterra eles foram reconhecidos oficialmente em 1976. Apenas em 1994 a raça foi totalmente reconhecida pelo AKC, podendo então participar dos eventos de beleza e conformação Norte Americanos. Actualmente é uma das raças com mais sucesso em provas de Agility e a sua participação em concursos de beleza aumentou significativamente. 

Esta mudança acabou por não agradar a muitos fãs do Border Collie que temem que a raça seja afastada da sua função original de cão de pastoreio. Outra das preocupações é que o aumento do número de criadores possa comprometer a qualidade da saúde física e o temperamento deste animais.

Veja o vídeo para ter uma noção do que esta raça é capaz de aprender.

Conheça mais raças de cães aqui.

Faz Parte da Nossa Comunidade 🙂
3

Sobre o Autor

ODonoCuida

Deixe-nos um Comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Or

Concurso Para Donos

 Participa e podes ganhar 1 ANO 
  grátis de produtos anti-parasitas  
PARTICIPAR
close-link