Início > Comportamento Animal > Comportamento dos Gatos > Saiba como dar banho a um gato da melhor forma
Comportamento dos Gatos

Saiba como dar banho a um gato da melhor forma

como dar banho a um gato

Quantos donos carregam cicatrizes de guerra nos braços, que resultaram de intensas batalhas entre ele, o seu gato e um chuveiro?

São situações que se tornam muitas vezes inevitáveis, que nenhuma das partes envolvidas quer que aconteçam, mas que vão acontecer.

Porque no que toca a banhos o nosso sonho seria ter um gato como este:

Mas normalmente o nosso é mais assim:

Saber como dar banho a um gato é o primeiro passo para sobreviver. Com que frequência, a partir de que idade ou como fazer com que ele goste ou se acostume aos banhos, são algumas das principais dúvidas dos donos.

Mas para primeiro temos de compreender porque é que os gatos não gostam de água. Como explica esse nosso artigo, apesar de existirem algumas probabilidades genéticas, a principal questão é a forma como os gatos são apresentados a grandes quantidades de água.

Na verdade grande parte dos felinos são excelentes nadadores e gostam de água. Mas outra parte nunca soube o que é estar “dentro de água”. Isto não quer dizer que ele não possa vir a gostar, quer apenas dizer que pode ser mais cauteloso.

Existem vários gatos domésticos que brincam com a água da torneira do lavatório, com as gotas que pingam, ou até aqueles enfiam a patinha na tigela da água. Mas quando um gato não está acostumado à água, existe uma grande diferença entre brincar com as gotas da torneira e mandarem-lhe com a água do chuveiro na cara, ou pior, “atirarem-no para a piscina”.

E quanto mais o forçarem mais ele vai lutar, porque se há coisa que os gatos não toleram em qualquer aspecto da sua vida é de serem forçados a fazer o que não querem.

Por isso podemos afirmar que se o nosso gato odeia água, provavelmente a culpa é nossa.

Outra das coisas importantes de compreender é que os gatos quase nunca precisam de banho. Salvas raras excepções em que o seu gato tenha pulgas esteja muito sujo ou doente, ele não vai precisar de tomar banho. A natureza equipou-os com as ferramentas necessárias (língua a dentes claro) para cuidarem deles próprios, andarem sempre limpinhos, aprumados e cheirosos.

como dar banho a um gato

Dito isto deixamos algumas sugestões para habituá-lo à água antes de lhe dar banho:

Começar Quando É Jovem

Caso siga os procedimentos correctos e o introduza aos banhos de uma forma paciente, não é uma tarefa difícil assim que ambos se habituem à rotina. Por isso o melhor mesmo é começar enquanto ele é novinho, porque os gatos mais velhos podem já ter tido experiências negativas com a água.

Como acostumar o seu gato a tomar banho

  1. O timing perfeito para um banho: Escolha o momento do banho na altura em que o seu gatinho está mais mole. Um sessão se brincadeira com ele pode ajudar a cansá-lo. Tente que seja numa hora sem barulhos nem distracções
  2. O seu estado de espírito: Garanta que tem tempo e paciência. É muito importante que mantenha a calma em todo o processo, porque se se enervar vai reflectir-se no seu gato, e a última coisa que quer é um gato furioso e encharcado.
  3. Use água morna: O suficiente para que ele saiba que a água está a uma temperatura agradável. Os gatos adoram calor, deixa-os confortáveis e relaxados.
  4. Comece com um pano: Com o pano molhado na água morna, passe-o lentamente no corpo do seu gatinho, quase como se lhe tivesse a dar festas. Vá aumentando a quantidade de água no pano conforme o seu animal se for sentindo mais confortável. Molhe todas as partes do corpo.
  5. Coloque-o num alguidar: Com pouca água, coloque-o descontraidamente lá dentro e deixe-o explorar o tempo necessário. Repare no comportamento do seu gato na água e veja se ele se sente confortável.
  6. Continue a passar o pano: Quando notar que ele está confortável dentro do alguidar, continue a passar o pano molhado pelo corpo dele, e vá enchendo o alguidar aos poucos com mais água.
  7. Não o force: A introdução ao banho dependerá da forma como o seu gatinho reagir a este processo. Se ele reagir mal não o force, isso só irá provocar-lhe mais receios. Continue a tentar com paciência até que ele se habitue. Caso reaja bem logo de início, pode, antes de lhe dar banho, tentar mais uma ou duas vezes, apenas como precaução.

Dar banho ao seu gato passo-a-passo:

Se está a ler este artigo é provável que nunca tenha dado banho ao seu gato e queira saber como, ou sempre que dá passa por momentos difíceis. Os banhos não devem ser dados com muita frequência (mínimo intervalos de 2 meses), porque corre o risco de secar-lhes a pele e provocar comichão e desconforto ao animal.

Muito importante: Tenha um plano

A melhor forma de lhe dar banho vai depender muito da maneira como o seu gato reage à água. Se ele reagir bem não terá muitos problemas, se ele tentar fugir, poderá ter de ser mais firme, se ficar muito stressado e agressivo talvez o melhor seja recorrer a outros métodos como por exemplo banhos secos ou com pano.

No entanto, é bastante importante criar um plano para que este processo possa correr da melhor forma para os dois.

acostumar gato a tomar banho

Materiais necessários para o banho

O primeiro passo é preparar todos os materiais necessários para que possa alcançá-los facilmente durante o banho, sem criar pausas desnecessárias e deixá-lo impaciente.

  1. Os doces favoritos do seu gatinho.
  2. Um chuveiro ou um copo\caneca, dependendo da forma como o quer molhar.
  3. Várias toalhas.
  4. Champô específico para o seu animal. (NÃO utilize champô que não seja próprio para ele. Caso o faça pode provocar-lhe problemas de pele e no pêlo por isso o melhor é falar com o veterinário)
  5. Tapete anti-derrapante ou de borracha (algo que tenha esse efeito, para que o seu gato não entre em pânico ao sentir uma superfície deslizante)
  6. Um recipiente para colocar água extra.

Antes do banho

  • Escove-o com um pente, dê-lhe festas, massagens e mimos para o deixar relaxado.
  • Brinque com ele, mas brinque muito. A ideia é cansá-lo para que vá mais calmo e com menos energia para o banho.
  • Se necessário corte-lhe as unhas – saiba como fazê-lo da melhor forma neste artigo
  • Recompense-o com mais festas e comida que ele goste.

O banho

  • Proteja-se. Use roupa larga e grossa, de manga comprida e que não se importe de estragar. Se achar melhor use também luvas de borracha para proteger as mãos. Tudo o que impeça ser arranhado directamente na pele.
  • Se possível peça a alguém para o ajudar. É mais fácil dar banho ao seu gatinho com calma se tiver ajuda. Enquanto uma pessoa o lava a outra segura-o para que este não tente fugir e tranquiliza-o.
  • Certifique-se de que todo o material necessário está ao seu alcance.
  • Coloque o tapete anti-derrapante para que ele possa sentir-se mais confortável e seguro.
  • Prepara a água. Encha a banheira, bacia, ou um recipiente com água morna, que fique no máximo à altura da barriga do seu felino. O ideal é que o banho seja em água parada, para não o assustar.
  • Feche as portas. Caso ele escape não o quer a encharcado e em pânico pela casa.
  • Coloque-o com calma dentro da água. Devagar mas não muito, veja como ele reage à água no seu corpo. Mantenha sempre a calma e o tom de voz baixo, tranquilize-o e se ele se mostrar mais calmo pode dar-lhe um dos seus doces favoritos.
  • Seja firme, mas sempre com calma. A firmeza vai depender da reacção do gato, mas se ele se quiser escapar tem de ser firme.
  • Molhe-o com o chuveiro ou a caneca, mas apenas o corpo. Para os olhos as orelhas e a face utilize uma toalha molhada. Enquanto o molha e lhe mete o champô massaje-lhe o corpo com movimentos suaves.
  • Tire-lhe o champô. Se o seu gato reagir bem ao chuveiro pode utilizá-lo. Caso contrário pode destapar o ralo para que a água com champô saia, e utilizar o recipiente extra para esta fase. Enquanto a banheira esvazia utilize a caneca e com calma vá molhando o seu felpudo para lhe retirar o champô.
  • Seque bem o seu gato com várias toalhas. Não utilize o secador a não ser que o seu gato já esteja acostumado a ele. Por fim pode escovar-lhe o pêlo. Se ele tiver pêlo comprido como os gatos persas deve escová-lo novamente quando ele tiver completamente seco, para evitar nós no pêlo.

Este video é um bom exemplo do processo completo do banho – apesar do autor não dar realmente banho ao gato.

Outras dicas:
  1. Se o seu gato reagir muito mal à água pode passar-lhe primeiro um pano molhado pelo corpo para tentar habituá-lo.
  2. Pode nem sequer colocá-lo dentro de água e usar apenas a caneca para o molhar.
  3. Se ele se portar bem durante todo o processo pode dar-lhe doces como recompensa. Se ele não reagir muito bem, não reforce o comportamento errado. Espere pelo menos 45 minutos depois do banho estar dado para lhe dar um doce (neste caso, de desculpas pelo que lhe fez eheh)
  4. Se for a primeira vez que o banho é dado, e principalmente se for um gato novinho, tente sempre dar-lhe a ideia de que a água é uma brincadeira boa para se ter, e aquele é apenas um momento relaxante.

Dar banho seco ao seu gato

Se o seu gato fica muito arisco durante o banho, então esta deve ser sua primeira opção, porque a maioria dos gatos nem percebe que está a tomar banho.

É importante que compre um produto específico para gatos, porque ele vai lamber-se e de certeza ingerir o produto. Pode comprar lenços humedecidos. Estes são mais práticos, mas também existem sprays para banhos secos em que passa e espalha com uma toalha no corpo do gatinho.

Novamente faça todo este processo com calma e tranquilidade, quase como se fosse uma sessão de massagens. No fim, escove-lhe bem o pêlo.

Leia outros artigos sobre comportamento felino

Faz Parte da Nossa Comunidade 🙂
0

Sobre o Autor

ODonoCuida

Deixe-nos um Comentário

Clique aqui para deixar um comentário