Início > Comportamento Animal > Comportamento Canino > Cuidados a ter com um cão quando faz actividades
Comportamento Canino

Cuidados a ter com um cão quando faz actividades

cuidados a ter com um cão

Existem alguns cuidados a ter com um cão quando o levamos para fazer actividades, principalmente se estas foram realizados no exterior. Como a maioria dos donos sabem fazer exercício é uma necessidade básica para a saúde física e mental do nosso animal. No entanto precisamos ter alguns cuidados para não colocar a vida do animal em perigo. Por isso decidimos criar um pequeno artigo sobre os cuidados básicos a ter quando leva o seu cão para fazer actividades no exterior.

 

Se precisa de ideias para o exercitar o seu cão, o dono cuida indica-lhe algumas sugestões. Veja as melhores actividades para fazer com cães.

 

Saiba quais são os principais cuidados a ter com um cão quando faz exercício no exterior

1º – Faça exercícios específicos consoante o porte e a raça do seu cão

As necessidades de um cão de porte grande pastor em termos de exercício físico são completamente diferentes de um cão de porte pequeno de companhia. Antes de começar a fazer novas actividades deve pensar nas características do seu animal. Por exemplo um cão de pequeno/médio porte braquicefálico precisa de cuidados especiais na hora de fazer exercício. Já um cão mais energético de porte grande apenas necessita de poucos cuidados.

2º – Cães sedentários ou obesos devem ser vistos por um veterinário antes de iniciarem novas actividades físicas.

Se tem um cão sedentário ou obeso não faça actividades físicas mais intensas antes de consultar o seu veterinário. Como os humanos, após algum tempo sem qualquer tipo de exercício convém fazer um check up para analisar o seu estado de saúde. Podem existir alguns problemas nas articulações ou coração que não permitem determinados esforços físicos. Nesses casos o veterinário pode aconselhar-lhe exercícios mais específicos que não comprometam a saúde do seu cão.

3º – As actividades físicas devem ser realizados em horários específicos.

Quando vai exercitar o seu animal deve sempre fazê-lo nas horas em que está menos calor, ou em determinados casos no Inverno quando as temperaturas não estão tão baixas. Os cuidados a ter com um cão quando este faz algumas actividades em horários com temperaturas mais extremas são muitos e podem por a sua saúde em perigo. Na Primavera, Verão e Outono normalmente os melhores horários são no início do dia e ao final da tarde. No Inverno quando as temperaturas estão muito baixas devemos optar por exercícios menos intensos e quando o sol já nasceu. Evite exercitar o seu cão de madruga ou à noite. No caso de não conseguir agasalhe o seu cão com uma roupa própria, principalmente se este for de porte pequeno.

4º- Escolha zonas seguras para fazer actividades com o seu cão

O indicado para realizar actividades com o seu cão são zonas vedadas. Desta forma não existe perigo perante o aparecimento de um carro em andamento ou perdê-lo de vista. As zonas vedadas são óptimas para conseguir controlar e vigiar o seu cão, mas sentindo-se mais descansado e seguro como dono.

No entanto não é fácil por vezes arranjar um local vedado para o seu cão fazer actividades. O mais importante é procurar um local de acesso permitido a cães que não circulem carros perto. As praias e as matas normalmente são as escolhas mais naturais nestes casos. Todavia é preciso ter atenção redobrada e estar sempre vigilante. Se o seu cão tiver problemas de socialização o uso do açaime é recomendado.

5º – Escolha trelas e peitorais apropriados para a actividade que vai realizar

Hoje em dia o que não falta a venda no mercado são trelas e peitorais para exercício físico para cães. Existem acessórios específicos para caminhadas, corridas, andar de bicicleta, entre outros. As trelas longas também são recomendadas para passeios mais descontraídos, ao contrário das trelas curtas que dão mais controle ao dono para determinados exercícios. Veja sempre qual é a melhor opção para a actividade e para o seu cão. Este tipo de cuidados a ter com um cão pode parecer excessivo, no entanto é essencial para não lesionar o seu cão e para questões de segurança. Uma trela que não seja apropriada para andar de bicicleta pode por a sua vida em risco e a do seu cão.

6º – O que deve levar quando vai exercitar o seu cão no exterior

O principal cuidado a ter com o seu cão no quando este faz exercício no exterior é ter sempre recipientes com água potável. Leva 2 garrafas de água e uma tigela para o seu cão beber água após o exercício. Não dê água fria ao animal, pois este pode vomitar. Caso seja necessário refresque ligeiramente o corpo do seu cão com água.

É muito importante não se esquecer dos sacos para recolher as fezes do seu animal no local. O civismo e a higiene devem ser sempre prioridade quando estamos num local público com o nosso animal.

7º – Comece sempre por actividades mais leves e suba o seu grau de dificuldade progressivamente

Se vai começar a exercitar mais o seu cão, lembre-se que o exercício físico deve ser feito progressivamente. Comece por actividades mais leves e durante 20 a 30 minutos e com o passar dos dias aumente progressivamente a intensidade e a duração. Actividades de esforço devem ser praticadas com cuidado e por pouco tempo no início. Analise sempre o estado físico do seu animal. Ele melhor que ninguém irá indicar-lhe que está cansado.

8º- Duração das actividades

Dependendo do porte e da raça do seu cão, por norma um animal de porte médio deve por dia fazer no mínimo 1 hora de exercício. Por isso a maioria dos donos divide essa actividade em 30 minutos de manhã e os restantes ao final do dia. Claro que cães de porte grande mais energéticos precisam de 1h 30 m de exercício diário, físico e mental. Quando conhece o seu cão percebe facilmente quando ele está cansado e satisfeito. Por isso use sempre o bom senso quanto à duração do exercício.

 

Cães pequenos normalmente preferem actividades mais lentas e de intensidade baixa. Quanto aos de porte médio e grande, dependendo da energia do cão, prefira actividades rápidas e de intensidade moderada ou alta.

9º- A alimentação específica para cães que praticam exercício

Como os humanos, os cães que fazem mais exercício físico precisam de uma alimentação apropriada à sua actividade. Os donos que alimentam os seus cães com rações devem procurar produtos que suprimam as suas necessidades e darem a dose recomendada para cães que fazem exercício. A dose recomendada normalmente vem na embalagem.

10º- Como saber que o seu cão está exausto e está a exagerar nas actividades

Se está a tentar exercitar o seu cão ou brincar com ele e este está imóvel sentado ou deitado, provavelmente está exausto. Os sinais que o seu cão está exausto são normalmente claros. Ele por norma não vai querer continuar. Se este está imóvel ou fica para trás numa caminhada a andar lentamente o seu cão está demasiado cansado para continuar. Faça uma pausa, deixe-o descansar um pouco à sombra, dê-lhe água e regressem a casa.

Muitos cães que ficam extremamente cansados podem ficar irritados com facilidade. Cuidado quando o seu cão apresenta dificuldade em caminhar ou ficar de pé. Este pode estar lesionado. Nestes casos a ida a um veterinário é aconselhável.

Veja outros conselhos de como treinar um cão.

 

Faz Parte da Nossa Comunidade 🙂
0

Sobre o Autor

Profile photo of ODonoCuida

ODonoCuida

Deixe-nos um Comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Or

Saltar para a barra de ferramentas