Início > Curiosidades > 13 Lições de vida que podemos aprender com os cães
Curiosidades Curiosidades Sobre Animais

13 Lições de vida que podemos aprender com os cães

o que os caes nos podem ensinar

Se lhe dissermos que o ser Humano é o ser vivo mais egoísta, arrogante e hipócrita que existe há face da terra, concordaria?

Pode não ser uma afirmação politicamente correcta, mas é verdade. Somos nós os responsáveis pela degradação do nosso planeta mas os primeiros a queixar-mo-nos disso.

Somos a espécie animal mais inteligente, estamos no topo da cadeia alimentar, subjugamos os animais como e quando queremos, com maus tratos, negligência e desrespeito por outros seres vivos.

Enquanto espécie, destruímos habitats, fazemos mal por vaidade ou por diversão. Por causa de nós existem até animais que morrem de stress.

E mesmo assim, como “animais racionais”, somos os primeiros a lamentar a vida miserável que temos, só porque os transportes se atrasaram, ou estava trânsito na ponte.

E ainda achamos que nada temos a aprender com os animais.

Usemos os cães como exemplo.. Ensinamo-los a sentarem-se, deitarem-se, darem a pata, a rebolarem, a ficarem no mesmo sítio entre outras coisas. Mas raramente pensamos naquilo que todos eles têm para nos ensinar.

Vivemos tão focados em nós próprios, nos nossos dramas e problemas que grandes lições caninas nos passam despercebidas.

Se até este ponto não concorda com nada do que dissemos, não levaremos a mal se deixar de ler o artigo.

Se por outro lado acha que temos alguma razão e que podemos aprender alguma coisa com os cães, então veja aquelas que são as lições que achamos que eles nos podem ensinar.

  1. Ultrapassa o medo com amor: Existem imensas histórias sobre cães que foram abusados e maltratados por seres humanos (como é o caso desta pitbulll), extremamente medrosos ou agressivos com as pessoas e se tornaram em cães meigos e amorosos quando colocados num ambiente de amor e carinho. Os cães têm essa capacidade de ultrapassar os seus medos e inseguranças com amor. Nós também temos, se nos dispusermos a isso.
  2. Sê leal a quem amas: Diz-se que o cão é o melhor amigo do homem, e quem tem um cão sabe que é assim. Mas mais que amigos são companheiros leais, que nos seguirão para os confins do Mundo se for preciso, sem julgarem se somos bonitos, feios, loiros, morenos ou ruivos. Não querem saber o que nós ou os outros pensam de nós próprios. Estão lá sempre e pedem-nos tão pouco. Esta é outra lição que podemos aprender com os nossos cães, a valorizar as pessoas que amamos na nossa vida sem tomar a sua amizade e amor como garantidas.
  3. Aceita-te como és: Onde moramos há um cão pequenino que só tem 3 patas. Mas mesmo assim corre, ladra e protege a casa dele como se tivesse 8 patas. Existem ainda cães que têm paralisia nas patas traseiras e se lhes comprarem umas rodinhas adaptadas eles brincam com os outros como se nada fosse. E os outros com eles. Cães que nascem com doenças físicas e motoras e brincam na mesma. E quem é que já imaginou um jack russel a querer ser um husky? Aceita-te e sê feliz como és, era o que nos diria um cão.
  4. Vive cada momento: O passado já foi, o futuro é incerto, vive o presente. Há melhor professor que um cão para nos ensinar isto? Seja a dormir, a passear, a brincar, a proteger a casa ou a levar mimos, os cães dedicam-se a 100% à tarefa presente. As ameaças ou medos que têm ou que caminhos os levam onde pretendem ir, eles só acedem a essa informação no momento em que é necessária. Podemos afirmar que os nossos cérebros funcionam de forma diferente, mas ainda assim é uma lição para saborearmos o presente, como eles o fazem.
  5. Não te agarres a coisas materiais: Existem pessoas que são rotuladas como “acumuladores”. Pessoas compulsivas que não se desfazem de nada, algumas delas chegando ao ponto de viverem no meio de tralha e de lixo. Com os cães não. Tudo bem, podem ter um ou dois brinquedos favoritos que transportam de um lado para o outro, mas se o perderem rapidamente o esquecerão. Se tivesse de escolher entre o dono ou o brinquedo, o dono vem sempre primeiro. Desta forma ensina-nos que as relações humanas são sempre mais valiosas que os bens materiais.
  6. Não guardes rancor: O rancor é um “ódio secreto e profundo” (priberam), uma emoção negativa de ressentimento para com alguém, originada na nossa mente. Provavelmente somos a única espécie que sente esse tipo de “ódio profundo”. Um cão nunca sentirá rancor porque não lhe deu um doce, ou porque se chateou com ele. Assim que esse doce vier será bem vindo, ou assim que já não estiver chateada(o) então ele está feliz também.
  7. Brinca todos os dias: Quem é que nunca conheceu um cão em que a idade avança, mas a vontade de brincar é igual como se ainda fosse cachorrinho? Pode já não ter a energia de um cachorro, mas todos os dias, sem falta faz as suas palhaçadas, corre e salta. Para nós é uma forma de nos lembrar que nunca devemos perder o nosso espírito de criança alegre e criativa. Devemos brincar todos os dias e se pelo meio nos pudermos exercitar, melhor ainda.
  8. Se estás feliz, salta de alegria: Os cães são mestres a mostrar quando estão felizes. Nós, vivemos tão rápido e stressados que por vezes não saboreamos os bons momentos porque já estamos preocupados nos momentos que estão por vir. Se está feliz, demonstre-o 🙂
  9. Bebe muita água: Beber água é essencial para o nosso corpo e para o nosso bem-estar. Ao contrário de nós, os cães não fizeram estudos nem pesquisas sobre os benefícios de beber água. Eles bebem água porque é o que o organismo pede. Nós sabemos todos os benefícios, podemos ter sede, e mesmo assim não bebemos água suficiente. Faça como os cães, mantenha o seu corpo hidratado quando ele precisa.
  10. Ama incondicionalmente: Além de serem leais e não guardarem rancores, eles amam-nos incondicionalmente. Se chegar a casa mal humorado e enervado por alguma razão, eles vão recebê-lo com uma cauda a abanar. Eles continuarão a querer dar-lhe lambidelas molhadas mesmo que tenha gritado com eles. Para nós o amor incondicional pode ser difícil, mas vale o esforço.
  11. Tem compaixão: Os cães têm uma excelente capacidade para compreender as nossas emoções. Se notarem que estamos sensíveis ou tristes é quando eles vão ser mais meigos e carinhosos. Com eles podemos aprender a ser mais altruístas, a apoiar com carinho e amor aqueles que precisam desse apoio.
  12. Por vezes é bom estar calado: Diz-se que uma imagem vale mais que mil palavras, mas um gesto também. Os cães não falam e comunicam connosco maioritariamente através de gestos e linguagem corporal. Parecem sempre atentos e dispostos a ouvir-nos. Seja para as outras pessoas como o seu cão é para si. Todos precisamos de alguém que não fale, apenas disposto a ouvir e a comunicar com um gesto.
  13. Saboreia a viagem: Quando o cães vão em viagem, metem a cabeça fora da janela, cheiram o ar e levam com o vento no pêlo sem se importarem para onde vão. Ainda que seja óptimo ter objectivos pessoais, esquecemos-nos que o que mais importa é a viagem. Leve a vida a sério, mas não ao ponto de tornar esta sua viagem infeliz. Cheire o ar e aproveite o vento na cara sempre que pode.

Faz Parte da Nossa Comunidade 🙂
3

Sobre o Autor

ODonoCuida

Deixe-nos um Comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Or

Concurso Para Donos

 Participa e podes ganhar 1 ANO 
  grátis de produtos anti-parasitas  
PARTICIPAR
close-link