Início > Comportamento Animal > Comportamento Canino > Porque é que os cães comem ervas?
Comportamento Canino

Porque é que os cães comem ervas?

porque é que os cães comem ervas

Muitos donos gostariam de ter a resposta à pergunta “porque é que os cães comem ervas?“, mas também à questão “porque é que os cães comem relva e depois vomitam?”. No entanto nem sempre existem respostas concretas às nossas perguntas, mas não desespere. Existem vários estudos de cientistas, embora não tenham uma certeza absoluta, acreditam ser as respostas mais naturais a essas questões.

As dúvidas aparecem principalmente pelo facto dos cães serem essencialmente carnívoros, então o que os leva a comer ervas? Todavia algo mais confuso é saber que ao comer ervas ou relva acabam por vomitar, então qual a razão desses comportamento compulsivo?

Devemos em primeiro lugar que os cães não são carnívoros, e sim omnívoros. Ou seja, os cães até podem ter a carne como alimento principal das suas refeições, mas também comem diversa matéria vegetal. Por isso é que a sua dieta deve ser variada e equilibrada. Quanto à ingestão de ervas para depois vomitar, pode parecer estranho para nós humanos, mas não para eles. Eles ingerem ervas e plantas com esse mesmo propósito na maioria das vezes.

Mas porque é que os cães comem ervas? Qual é a origem deste comportamento?

Embora os cientistas nunca tenham conseguido uma resposta definitiva, as razões mais prováveis apontam para as seguintes respostas:

  • Os cães comem ervas para aliviar náuseas ou quando se sentem ligeiramente mal. Tal como nós humanos, quando estão enjoados e com náuseas a melhor solução muitas vezes passa por vomitar. Após vomitarmos, passado pouco tempo, melhoramos o nosso mal-estar significativamente.
  • Os cães comem ervas para aliviar a dor, o inchaço no estômago ou  gases.
  • Como forma de aliviar alguns problemas de saúde, como distúrbios gastro-intestinais ou bloqueios no sistema digestivo.
  • Melhorar o mal-estar que pode ser causado pela presença de um vírus ou uma bactéria.
  • Dieta deficiente em fibras, acabando por comer ervas para facilitar a digestão. Nestes casos pode juntar legumes cozidos na sua dieta alimentar ou procurar uma ração com maior percentagem de fibra e legumes.

Na maioria dos casos não é algo que um dono se deva preocupar, pois este tipo de pequenos problemas também nos acontecem algumas vezes por ano. Se ele apenas tiver este comportamento poucas vezes por ano, provavelmente não há nada de alarmante com a saúde do seu cão. Ele pode comer ervas com o objectivo de vomitar ou forçar uma limpeza intestinal. Caso o seu cão esteja constantemente a comer ervas, acabando por ter diarreia mais que um dia e vómitos prolongados, deve consultar o seu veterinário com alguma brevidade.

Mas o mal-estar nem sempre é a razão dos cães comerem ervas. Muitos donos reparam que os seus animais vão trincando relva durante os passeios sem perceber o motivo.

Então fica a questão: “Porque é que os cães comem ervas durante os passeios?”

Existem alguns cães que gostam de mordiscar ou comer pequenas quantidades de relva ou ervas, sem que essa ingestão provoque qualquer tipo de reacção física. Os motivos para este tipo de comportamento, segundo alguns cientistas deve ser causado por:

  • Hábito
  • Gosto do sabor
  • Adoram mastigar a relva
  • Por tédio (por norma o cão não tem muitos brinquedos ou forma de se distrair durante o dia)

Devo preocupar-me se o meu cão come ervas ou relva?

O acto de comer ervas ou plantas esporadicamente não é preocupante. Preocupante é o tipo de relva ou plantas que este come. Lembre-se que muitas dessas plantas e relva contêm pesticidas tóxicos. A ingestão desses pesticidas ou plantas tóxicas para cães pode causar lesões muito graves ao seu cão. A maioria dos fertilizantes, pesticidas e herbicidas são muito tóxicos para os nossos companheiros de quatro patas. Nestes casos o animal não apresentará apenas vómitos como sintomas. Se detectar alguns sintomas estranhos após ingestão de relva ou plantas consulte de imediato um veterinário.

Se o seu animal estiver muito ansioso ou obcecado por comer ervas, ou se o comportamento de vómito for muito agudo, apresentando o pescoço muito esticado para a frente e com deglutições (movimentos para engolir) em seco muito frequentes, está perante algum problema gastrointestinal que justifique a intervenção do seu médico veterinário.

Caso o seu cão tenha vómitos ou chegue mesmo a vomitar uma vez após a ingestão de ervas e plantas sem produtos tóxicos não se preocupe. Esse comportamento por norma é para o ajudar a melhorar o seu mal-estar.

Embora nenhuma das razões apresentadas esteja cientificamente comprovada, estas são as razões mais credíveis que cientistas e veterinários encontram para a pergunta “porque é que os cães comem ervas?”

Se gostou deste artigo, deve também interessar-se por a nossa página sobre o comportamento canino.

Faz Parte da Nossa Comunidade 🙂
0

Sobre o Autor

Profile photo of ODonoCuida

ODonoCuida

Deixe-nos um Comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Or

Saltar para a barra de ferramentas