Início > Saúde Animal > Terapias Para Animais > Reiki para animais – Saiba tudo sobre esta terapia
Terapias Para Animais

Reiki para animais – Saiba tudo sobre esta terapia

reiki para animais

O Reiki para animais está a ganhar cada vez mais adeptos. Para além dos donos terem mais conhecimentos sobre terapias complementares, procuram especialistas para os tratamentos dos seus animais. O Reiki deve ser usado como um complemento do tratamento que o veterinário indicou para o seu animal. Só desta forma é que pode esperar atingir os benefícios que esta terapia oferece.

Embora a informação sobre Reiki para animais ainda seja escassa em Portugal, em vários outros países os estudos e informações são abundantes. Existem vários livros de autores internacionais que revelam tudo sobre o Reiki para animais, principalmente os benefícios. A verdade é que os animais respondem melhor aos tratamentos de Reiki do que os humanos. Esta é uma vantagem para os donos pois os efeitos são mais rápidos, sem precisar de uma enorme quantidade de tratamentos. Desta forma “O Dono Cuida” apresenta-lhe tudo aquilo que deve saber sobre Reiki para animais.

Como é aplicado o Reiki para animais?

O principio é o mesmo do que nas sessões com pessoas. Pois todos os seres vivos têm energia, recebem energia e emitem energia. Com os animais é um pouco diferente na aceitação, pois eles sentem a energia mas não percebem muitas vezes que estão num tratamento. Por isso é um processo diferente de aplicação em relação aos humanos.

No entanto todos podem ser tratados com Reiki para animais. Animais mais dóceis o tratamento é feito por imposição directa das mãos sobre o corpo. Para animais de grande porte ou agressivos utiliza-se o Reiki à distãncia. Embora muitas pessoas pensem que não está a acontecer nenhum tratamento, os resultados nas 48h seguintes provam o contrário. Muitos animais revelam melhorias após 24h, deixando os donos satisfeitos e com vontade de continuar as sessões.

Os gatos sentem o Reiki mais intensamente do que os restantes animais. Eles ficam mais calmos, espreguiçam-se e bocejam, até fecharem os olhos e adormecerem durante a sessão. Eles para além de sentirem a energia do terapeuta, procuram essa energia.

De qualquer forma, todos os animais são melhores pacientes que os humanos, pois eles apenas recebem a energia sem pensar sobre isso. Os tratamentos de Reiki para animais devem ser feitos durante 3 ou 4 dias seguidos. Após estas sessões passa-se para tratamentos de manutenção semanal ou quinzenal. Apenas casos mais específicos é que são aplicadas 10 sessões logo no início do tratamento.

Quais são os benefícios do Reiki para animais?

O Reiki para animais trabalha vários níveis, desde o físico ao mental, mas também o emocional e espiritual. O objectivo é deixar o animal equilibrado a todos os níveis.

Desta forma um animal que aceita receber o tratamento das sessões de reiki vai beneficiar de um estado de bem-estar geral. No entanto os benefícios mais específicos do reiki para animais são os seguintes:

  • Relaxamento profundo
  • – Libertação do stress, tensão nervosa e muscular.
  • – Redução da tensão arterial
  • – Fortalece o sistema imunológico do animal e promove a auto-cura do corpo
  • – Promove o alivio da dor e aumenta o bem-estar do animal no dia a dia
  • – Ajuda na recuperação de lesões agudas e crónicas
  • – Ajuda a remover as toxinas do organismo e na libertação dos efeitos nocivos da medicação convencional. Exemplo: Quimioterapia, anestesia, antibióticos, etc.
  • – Auxilia no equilíbrio de animais traumatizados ou emocionalmente desequilibrados.
  • – Promove o aumento de vitalidade do animal.

reiki para animais

Deve-se levar o animal a tratamentos de Reiki sem pedir o aconselhamento de um veterinário?

Não. Mesmo que o dono saiba que o Reiki ajuda muito a equilibrar os animais não deve procurar um terapeuta sem antes falar com o seu veterinário. Isto por ser o médico veterinário que faz o diagnóstico do animal, e só com esse diagnóstico é que um terapeuta pode trabalhar a 100%.

Imaginemos que o dono acha que o seu cão alterou o seu comportamento e está agressivo. Como é normal o dono vai pensar só no comportamento e não na causa. Se levar o seu cão ao médico pode descobrir que o seu cão está com dores e por isso tornou-se mais agressivo. E neste caso não quer dizer que o animal não deva fazer as sessões de reiki. Mas primeiro deve sempre ser visto pelo veterinário para este determinar a patologia. Aí sim o terapeuta poderá prestar o auxílio que o seu animal precisa juntamente com os cuidados médicos.

É importante explicar ao seu veterinário porque é que gostaria que o seu animal fizesse Reiki. Em Portugal ainda é pouco comum ser o veterinário a receitar sessões de Reiki para animais. No entanto no estrangeiro os veterinários já receitam diversos tratamentos da medicina complementar nas suas consultas.

reiki para animais

Quais são os casos mais comuns de serem tratados por sessões de Reiki para animais?

Em Portugal o motivo que leva os donos a procurarem o Reiki como terapia está normalmente ligado à ansiedade do seu animal. A ansiedade e o stress acabam por causar comportamentos autodestrutivos em alguns animais. Os veterinários após realizarem um diagnóstico, tratar os ferimentos e receitarem a medicação, costumam aconselhar algumas sessões de Reiki para animais.

Depois alguns terapeutas relatam também a procura das sessões de Reiki de donos que adoptaram animais maltratados e traumatizados. Por fim existem alguns donos que procuram estas sessões quando o seu animal está com uma doença terminal, para amenizar o sofrimento do mesmo.

O que pode esperar das sessões de Reiki para animais em caso de:

Doenças graves

Enquanto o animal está a ser tratado e cuidado pelo seu veterinário, em paralelo pode estar a receber sessões de Reiki. Quando um animal tem cancro este é submetido a inúmeras sessões de quimioterapia. Este tipo de tratamentos são agressivos para o animal mas também para o seu dono. Por isso pode esperar que as sessões de reiki diminuam o sofrimento do animal. Nestes casos as sessões costumam ser mais longas. Existem donos que preferem uma sessão antes de um tratamento de quimioterapia, para acalmar o animal antes deste procedimento. Outros donos preferem sessões pós o tratamento para ajudar o animal no seu bem-estar.

Pós cirurgia

É muito comum os donos adeptos do Reiki quererem que o seu animal faça algumas sessões de Reiki. Isto devido ao Reiki ser aplicado nos chacras do animal ajudará na sua recuperação e alívio das dores. Após o animal ter alta as primeiras sessões são feitas à distância. Quando o animal está receptivo à energia e ao toque o processo de cicatrização acelera.

Perda da mobilidade:

Com a ajuda de um veterinário, o Reiki pode ser fundamental na melhoria da mobilidade de um animal. A perda de mobilidade pode ser causada por uma doença, mas também pelo envelhecimento, excesso de peso ou esforço em excesso. O Reiki pode acelerar o processo de recuperação e diminuição das dores.

Incidentes físicos e psicológicos

Lutas, atropelamentos ou casos de violência podem causar nos animais diversos danos físicos e psicológicos. O Reiki para animais pode ser uma óptima solução para o seu animal, mas lembre-se que será um processo mais demorado. Recuperar de um trauma psicológico leva mais tempo que recuperar de um trauma físico. Por isso as sessões de Reiki devem começar à distância até o animal estar confortável. Após existir vontade de o animal interagir o tipo de aplicação pode ser alterado. Com um trabalho contínuo pode esperar melhorias significativas no seu animal. Aos poucos ele irá começar a recuperar a auto-confiança e tranquilidade. Não esqueça que o dono também tem um papel fundamental ao cuidar de um animal maltratado. Deve estar preparado para um processo mais longo de recuperação.

Hiperatividade

Quem tem um animal hiperativo sabe que não é uma tarefa fácil. Normalmente estes casos são tratados por um especialista em comportamento, juntando muito exercício e desafios constantes para o seu animal. Se adicionar o Reiki aos passos anteriores, as sessões iram ajudar o seu animal a relaxar a mente. Desta forma ele estará mais equilibrado para conseguir realizar as suas tarefas e desafios diários sem tanta excitação.

Aumento da Idade

Todos os donos querem que o seu animal de estimação dure o máximo possível, mas com qualidade de vida. Quando a idade vai aumentando existem problemas de saúde que vão aparecendo. Aqui o Reiki para animais serve como uma forma de prevenção antes do seu animal ser idoso. Um animal que faça sessões de Reiki de manutenção chegará a sénior com qualidade de vida. Por isso é importante que os donos percebam que não são só os humanos que devem fazer prevenção, mas os animais de estimação também.

Se quer saber mais sobre Reiki para animais, pode achar interessante a entrevista à “Notícias Magazine” de Carla Brito, coordenadora de Reiki para animais em Lisboa.

Veja mais artigos sobre terapias para animais aqui.

 

Faz Parte da Nossa Comunidade 🙂
0

Sobre o Autor

ODonoCuida

Deixe-nos um Comentário

Clique aqui para deixar um comentário