Início > Saúde Animal > Saúde Do Cão > Tosse De Canil – O Que Precisa Saber
Saúde Do Cão

Tosse De Canil – O Que Precisa Saber

tosse do canil

A tosse de canil é o nome comum dado à traqueobronquite infecciosa canina. É uma doença respiratória altamente contagiosa entre os cães. É caracterizada pela inflamação da traqueia e dos brônquios.

Se o seu cão tiver tosse do canil sem dúvida que vai ouvi-la e perceberá logo. O som da tosse varia de cão para cão, mas as características são semelhantes. Uma tosse seca é a principal característica e é também comum que a tosse lhes induza o reflexo de vómito, quase como se tivessem engasgados.

A tosse do canil pode ter um som terrível e preocupante, mas na maioria das vezes não é um problema sério, e grande parte dos cães recuperam sem qualquer tipo de tratamento. É uma doença comum, espalhada pelo mundo inteiro e pode ser causada por vários tipos de bactérias ou vírus. Quando os cães inalam estas bactérias, estas ficam presas e causando-lhes inflamações no sistema respiratório.

Caso esteja desconfiado(a), o vídeo abaixo representa bem ao que soa a tosse do canil

 

É-lhe dada a alcunha de “tosse do canil” porque a infecção é normalmente associada a locais onde existe uma grande concentração de cães, onde os cães estão expostos a outros cães, como os canis, abrigos, veterinários, espectáculos caninos etc…

É bastante transmissível porque quando um cão tosse, dispersa os vírus e bactérias no ar, susceptíveis a serem inaladas por outros cães. Contudo, não é obrigatório existir contacto com outros animais para um cão ser afectado pela tosse. Estes organismos podem espalhar-se até pelos brinquedos e pelas tigelas da comida e água.

tosse do canil

Sintomas da Tosse do Canil

  • Uma tosse seca e persistente é o sintoma mais comum.
  • Reflexo de vómito, induzido pela tosse.
  • Secreções nasais.
  • Em casos moderados os cães mantêm-se activos e a comer normalmente.
  • Em casos graves os sintomas podem progredir para falta de apetite, letargia, febre, pneumonia e até morte.

Podem começar a aparecer entre 4 a 10 dias após a infecção.

Como referimos anteriormente, na maioria das vezes esta doença não é problemática, mas podem haver situações mais graves em cães mais susceptíveis.  Por exemplo, cachorrinhos novos que ainda não têm um sistema imunitário forte o suficiente. Também cães seniores com um sistema imunitário enfraquecido, cadelas grávidas onde o sistema imunitário é mais baixo e cães com antecedentes de problemas respiratórios.

Tratamento

Se desconfia que o seu cão tem tosse do canil, o aconselhável é levá-lo primeiro ao veterinário o seu cão ao veterinário para que possa ser feito um diagnóstico adequado.

O tratamento vai depender da gravidade da infecção. Se o seu cão tiver apenas pequenos sintomas, alerta, activo e alimentar-se bem, é provável que o veterinário lhe sugira apenas um tratamento de suporte, como descanso, uma boa nutrição e hidratação.

Se por outro lado infecção for mais grave, então poderão ser prescritos medicamentos que reduzam a tosse e a inflamação. Antibióticos podem também ser receitados caso haja presença de bactérias. Se o cão desenvolver pneumonia, precisará de ser hospitalizado para um tratamento mais agressivo.

tosse do canil

Dia-a-dia com tosse do canil

Os cães com traqueobronquite infecciosa canina deverão ser isolados de modo a não contagiarem outros cães. Deverão manter-se assim pelo menos até não haver riscos de contágio.

Se tem um cão que passa grande parte do seu tempo com outros grupos de cães e está mais sujeito a ser infectado, deverá vaciná-lo contra o vírus paragripal (ou parainfluenza) e da Bordetella Bronchioseptica. Mesmo depois de vacinado, tenha atenção porque ele poderá ser contaminado com tosse do canil na mesma.

Na maioria dos casos não é problemática para os humanos, mas crianças e adultos com sistemas imunes debilitados poderão correr alguns riscos. Em casos destes, saiba quais são as suas opções junto de um veterinário e médico de saúde humana.

Leia mais artigos relativos à saúde do seu cão

Faz Parte da Nossa Comunidade 🙂
0

Sobre o Autor

ODonoCuida

Deixe-nos um Comentário

Clique aqui para deixar um comentário